Mais Recentes:

The Maze Runner - Correr ou Morrer - Avaliação!

The Maze Runner foi inspirado em um livro de mesmo nome escrito por James Dashner, o filme foi dirigido por Wes Ball e estrelado por Dylan O'Brien. O longa não enrola nenhum pouco, começa com ação, em alguns filmes isso pode ser ruim, mas em Maze Runner isso torna-se necessário. A ideia é levar o espectador ao labirinto "desbravando" o local junto com o novato Thomas (Dylan O'Brien), esta é uma tática bastante utilizada pelos filmes, colocar um novato em determinado local para que ele seja nosso guia dentro do filme, neste caso o nosso representante é também o personagem principal da porra toda do filme.


Logo nossos cérebros são postos a funcionar, tentamos desvendar os mistérios do filme junto com seus personagens, isso ajuda na interação com o público. Thomas funciona muito bem quando o assunto é integração, sua perspectiva é a mesma que a nossa e suas atitudes muitas vezes refletem as nossas, com isso o espectador se sente representado. Mas apesar de tal representação o filme não consegue engatar como deveria, clichês atrapalham bastante a construção do filme e a previsibilidade dos personagens e consequentemente do filme nos espanta em certos momentos.


Apesar de a previsibilidade ser um grande falha, ela ainda assim não é a maior falha que encontramos neste filme, a falha maior do filme é a constante impressão de cópia, Maze Runner se parece muito com: Jogos Vorazes, Harry Potter, O Labirinto do Fauno e em alguns momentos até com A Origem, isso reduz muito a sensação de inovação que pregavam antes do lançamento do filme. O grande número de "personagens principais" fazem com que alguns personagens não fiquem bem desenvolvidos, alguns nem mesmo nos são apresentados. Uma grande reviravolta está presente no filme, fruto de grande divergência entre os críticos  divide o grande público.


Grandes atuações não vimos, um roteiro genial também não, o que vimos foi um filme simples que cai na mesmice e nos clichês, isso não faz de Maze Runner um filme ruim, mas com toda a certeza também não o coloca no hall dos filmes bons.


Nota: 6 (Regular)

Por: Gustavo Lopes
Share on Google Plus